Publicado: 1 de julho de 2012 | Autor: Redação

Óleo de linhaça

O óleo de linhaça é a substância natural mais aceita no combate a doenças crônicas não transmissíveis como obesidade, diabetes, câncer e doenças cardiovasculares. Confira...

Em virtude de sua composição nitricional, a linhaça é muito estudada como uma aliada na redução do surgimento de doenças crônicas como a obesidade, diabetes, hipertensão e câncer. A semente da linhaça é utilizada de formas variadas na indústria para produção de linho, tintas, vernizes, ração animal e na alimentação humana, in natura ou em forma de cápsulas gelatinosas.

Origem do óleo de linhaça

O óleo de linhaça é extraído da semente da planta do linho (Linum usitatissimum L.) também é conhecida como linho-da-terra, linho-do-inverno, linho-galego ou linho-mourisco. A semente que origina o óleo de linhaça é plana, ovalada e de borda pontiaguda, possui textura lisa e brilhante, além de ter sabor agradável parecido com o gosto das nozes. A cor da semente pode variar entre o marrom avermelhado e o amarelo dourado, esta última é mais conhecida como linhaça dourada.

Benefícios do óleo de linhaça

Linhaça Dourada ou Marrom?

O linho produz dois tipos de sementes, a linhaça dourada e a marrom. A cápsula de óleo extraído da semente dourada contem maior teor de substâncias benéficas como o ômega 3 e ômega 6, fazendo do óleo da semente dourada a melhor opção para absorção e aproveitamento de seus nutrientes.

Como o óleo de linhaça age no corpo

As Lignanas são substâncias encontradas no óleo de linhaça que exercem a função de hormônios no organismo similares ao estrógeno, (a queda do hormônio estrógeno é o grande responsável pela menopausa). Por sua vez, o ácido linoléico, também presente na linhaça, é essencial na formação de moléculas de hemoglobina e ainda derruba as taxas de colesterol e glicose, além de acelerar o metabolismo fazendo emagrecer naturalmente.

Manutenção do peso com óleo de linhaça

O consumo diário do óleo de linhaça é capaz de promover a redução da absorção de gordura, devido a ingestão de fibras vegetais que não são rompidas no processo digestivo, o que facilita as funções intestinais e, consequentemente, a eliminação de gordura é facilitada.

Combata os sintomas da menopausa

O óleo de linhaça também se mostra eficaz como uma ótima alternativa natural na reposição hormonal para mulheres na menopausa, devido a grande ação estrogênica dos fitosteróis presentes na linhaça. Os fitosteróis são os principais responsáveis no controle hormonal e seu desequilíbrio é a causa de sintomas como distrúrbios do sono, ondas de calor e secura vaginal.